O que será de nós

Não sei o que fazer.

Você também não sabe.

Mas rimos juntos e falamos de poesia.
Observamos a lua no céu, eu da minha janela, você da sua.

Eu não sei o que vai acontecer.

Você também não sabe.

Mas ouvimos os discos de Chico Buarque e Gilberto Gil.

Acreditamos na força do amor, eu com meu coração ferido, e você com seu coração cansado.

Não sei o que será de nós.

Você também não sabe.

Mas continuamos mesmo assim.

Você me diz, escreva. Eu te peço, leia.

Fazemos da arte nosso refúgio.

Eu sinto medo e sei que você também sente.
Mas eu não te conto isso, nem você me conta.
E você me faz bem dizendo que vai ficar tudo bem, porque mesmo com medo, eu sei que você acredita em mim, e eu acredito em você também.