Até mais, Gavião Carijó

Abri a janela do quarto e dei de cara com um gavião pousado no telhado do vizinho.
Ele me olhou com olhos sérios, aquele olhar dos gaviões.
Era cedo, seis hora da manhã.
Apesar do meu costumeiro mau humor matinal, fiquei feliz.
Diferente dos olhos sérios do gavião, devo ter sido transparente demais, e acabei confessando prematuramente a minha admiração.
– Você é lindo!
No mesmo instante, a ave voou e sumiu no horizonte.
Eu fiquei no mesmo lugar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s