Eu Voaria

Pode ser que a gente se esbarre por aí. Você sabe, o mundo é um ovo, é o que dizem. E é verdade.

Qualquer dia desses, quem sabe, sem máscara, sem medo, atravessando a rua, virando a esquina, eu dê de cara com você. E como vai ser? Te pergunto isso enquanto a luz da TV dilata minhas pupilas e confunde meu relógio biológico.

E eu aposto que esse dia vai ser um dia desses de caminho perdido, como eu costumava fazer. Quando saía sem destino, e só ia me guiando pela sorte, entrando em lugares bonitos, igrejas, museus, jardins.

Acho que nunca te falei, e talvez não seja nada assim tão espetacular, mas se eu pudesse ter um super poder, seria o poder de voar. E acho que sair assim, era meu jeito de voar.

Quem sabe, querido. Quem sabe num desses voos a gente se encontre e eu possa te dizer o quanto quero que você seja feliz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s