Hora de Dormir

Muito sono
O pensamento voa
O corpo pesa
Tudo fica devagar
Os movimentos em câmera lenta
Dão a entender que tudo ficou mais longe
Com o sono vem o medo
E o medo me pede
Para ficar acordada
Como uma vigia noturna
Completamente amedrontada
Evito o sono
Até que finalmente
O sono me pegue

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s