Foi algo que disse

Uma vez eu disse algo bem baixinho.

Tão baixinho que talvez nem tenha dito.

Soltei as palavras completamente sem som. Senti cada sílaba saindo de dentro de mim.

Formei o desenho do que disse, assim, com a boca.

Me despedi do que precisava dizer.

Às vezes é preciso dizer e às vezes ninguém precisa ouvir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s