Moldura

Lá fora o tempo passa de um jeito diferente, tudo parece mais rápido, é o tempo acelerado de um relógio sem compromisso.

Aqui dentro vejo tudo diferente. Não sei se moro no tempo real, ou se sou de um outro tempo, de outros minutos, horas, dias, anos, vai saber…

Olhando da minha janela, me sinto presa em uma moldura. Lá fora tudo é paisagem, aqui dentro tudo é retrato.

Hoje choveu, a chuva muda o cheiro e a cor das coisas. Aqui, presa na moldura, sinto o cheiro novo que a chuva trouxe e fico observando as cores escuras que ela gosta de pintar.

Lá fora já é noite e aqui dentro ainda é dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s