o tamanho das coisas

O pátio da igreja parecia tão grande. A lembrança que eu tinha da escadaria que levava até a pequena capela me fazia ver tantos degraus. A igreja parecia um castelo medieval implorando pra ser escalado e explorado. Lembrava de tantas árvores ao redor, cheguei a pensar que era quase um bosque.
Chegando na curva dos 30, visitei esse lugar. Fui eu que cresci ou ele que diminuiu?
Tudo tão pequeno. A pequena escadaria, a pequena capela, agora menor ainda. A pequena igreja que de castelo não tem nada. As árvores tão poucas e desconectadas. O pátio tão pequeno.
O que acontece quando a gente cresce que tudo muda de tamanho? Sei que tudo ali um dia já foi tão grande, ou talvez eu é que tenha sido muito pequena. Tudo muda, até o tamanho das coisas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s