Dois em um

Te digo que amar é importante.
Mas como é doce gostar.
Gostar da companhia, do jeito de ser e de falar. Gostar de estar por perto e jogar conversa fora, gostar do cheiro e do toque.
Acho que o amor pode ser isso, um sentir mesmo na distância, mesmo quando não existe laço, e gostar, o gostar é a proximidade, é o contato, amar e gostar de alguém é a delícia de dois mundos em um só.
Às vezes a gente ama, só não gosta mais.
E às vezes a gente gosta e ama, assim, de uma vez só.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s