Um colo de aquarela

Sou uma pintura complexa
Vem e tira a cor da minha boca
Contorna meu corpo e me faz tua musa
Não gaste palavras, use o tato
Apague a luz
Esqueça o tempo e o espaço
Não jogue, se jogue, me joga na tela
Me tira o ar e pinta o céu de azul
Me toca com delicadeza
Brinca de aquarela no meu colo
Isso tudo é um rabisco
De um dia que se vai
Assim que o sol chegar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s